Sexta, 27 de Maio de 2022
24°

Poucas nuvens

São Bernardo do Campo - SP

Colunistas Absurdo?

ENVENENADOS

23/03/2022 às 01h07
Por: Redação
Compartilhe:
ENVENENADOS

Professora Renata Saggioro Silva

    Aqueles pais todos os dias colocavam algumas gotas de veneno na mamadeira do bebê, outras no suquinho da lancheira do menino e mais umas na marmita que a adolescente levava para o trabalho.  Doses diárias de veneno eram postas na alimentação de seus filhos, enquanto exibiam orgulhosos aos vizinhos o fato de cuidarem das crianças com amor, afeto, em nome de Deus e da família brasileira. Resultado: um começou a ficar cego, o outro com diabetes, o terceiro desenvolveu um câncer gravíssimo que fez a criança definhar e morrer.

    Absurdo? Não. Vivemos esta história no Brasil de hoje: nossos políticos, que deveriam se responsabilizar pela quantidade de venenos na nossa agricultura, os liberam cada dia mais para nossas frutas, verduras e legumes, com a desculpa de preservar os alimentos e melhorar a saúde do povo (como disse nosso Ministro logo que aprovou o último dos pacotes de venenos).

    Recentemente, aprovaram mais um pacote de defensivos na agricultura brasileira. É esse o conceito de saúde do governo atual que, desde a posse, liberou mais de 1500 desses produtos,  segundo a ONG Greenpeace, que por sinal são PROIBIDOS em países europeus, que têm uma alimentação saudável e balanceada.

    Para que envenenar as plantações? Libera-se veneno para nossas plantações, pois existem pragas naturais (pequenos insetos e outros bichos) que as comem ou destroem. Quando se envenena uma horta, essas pragas desaparecem e é possível aumentar a produção em larga escala. Por outro lado, quando isso ocorre, mesmo lavando-as ou higienizando-as, o veneno não sai, mantém-se lá e vai direto para nossos órgãos internos, sangue, pele, cérebro. Não por acaso, temos observado aumento nos casos de autismo, diabetes, AVCs (acidente vascular cerebral), cânceres, depressão. Seria isso castigo de Deus? Jamais. O homem é quem envenena o próprio homem.

    Por consequência, além de destruir ou enfraquecer o solo e o ambiente onde estão essas plantações, as pessoas adoecem mais e necessitam de tratamentos e remédios caros. Quem lucra com isso? Poderíamos fazer uma grande lista:

As empresas de agrotóxicos, que produzem cada dia mais veneno (chamados pesticidas) e vendem para as grandes empresas da agroindústria

A agroindústria (os grandes empresários), que produzem em larga escala, pois não há pragas para combater

Os governantes que liberam esses defensivos para os “pesos pesados” do ramo (leia mais no final desta reportagem, no link que deixamos) – não é à toa que o último “Pacote do Veneno” teve 301 votos a favor e 150 contra

A indústria farmacêutica, que vende mais remédios para a população e para o próprio governo (que usa NOSSO dinheiro dos impostos para comprá-los)

Os convênios médicos, que têm cada dia mais clientes, já que aumentam massivamente os casos de doenças crônicas, adquiridas

Mais alguns. 

    É possível proteger as plantações utilizando controle biológico evitando assim o uso de agrotóxicos. A exemplo disso, as abelhas sem ferrão são aliadas na redução de produtos químicos em hortas. Existem muitas pesquisas que ensinam a aplicar essas técnicas, para não prejudicar o solo e muito menos a população, contudo seria necessária grande vontade política, além de uma sensível diminuição da sanha financeira, além de outro elemento que nenhum manual de administração pode ensinar a ninguém: empatia. 

     Somos envenenados todos os dias: seja nos conservantes dos suquinhos que colocamos nas lancheiras de nossos filhos, no sódio dos salgadinhos que também está no macarrão instantâneo que fazemos na correria do dia-a-dia, nas frutas cheirosas e aparentemente inofensivas que compramos na feira ou em tantos outros produtos vendidos abertamente nos estabelecimentos comerciais (a lista é bem maior que a dos que lucram com nossa desgraça). São drogas pesadas, legalizadas, oficializadas e com selo de garantia dado pelos órgãos responsáveis, declaradas como “boas para o consumo”, mas que matam. Será que nesse plano macabro seremos ENROLADOS, ENVENENADOS ou ambos? 

QUER SABER MAIS?

 MOTORYN, Paulo. Relator do Pacote do Veneno recebeu R$ 380 mil de 10 empresários do agro na campanha de 2018. Disponível em https://www.brasildefato.com.br/2022/02/10/relator-do-pacote-do-veneno-recebeu-r-380-mil-de-10-empresarios-do-agro-na-campanha-de-2018 Brasil de Fato | Brasília (DF) Acesso em 22 fev 2022 

Pragas em plantações podem ser controladas sem uso de agrotóxicos

Disponível em https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2016/12/pragas-em-plantacoes-podem-ser-controladas-sem-uso-de-agrotoxicos.html Acesso em 22 fev 2022 

MEDEIROS, Taísa. Deputados aprovam projeto que flexibiliza entrada de agrotóxicos no Brasil. Disponível em https://www.correiobraziliense.com.br/politica/2022/02/4984064-deputados-aprovam-projeto-que-flexibiliza-entrada-de-agrotoxicos-no-brasil.html Acesso em 22 fev 2022

 Imagem 1: disponível em http://www.mulherespiedosas.com.br/enrolados/ Acesso em 22 fev 2022

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Professora Renata Saggioro Silva
Professora Renata Saggioro Silva
Sobre Pedagoga, Professora de Educação Básica desde 1996 (Diadema e SBC), Coordenadora Pedagógica (Prefeitura de Diadema), Dançarina profissional e professora de Danças Brasileiras e Ciganas, Pós-Graduada pela USP em “Combate à Violência doméstica contra crianças e adolescentes”, pela PUC em “Teatro e Psicodrama”, pela FMU em “Dança na escola e Danças Brasileiras”, pela IEGABC em “Arte Educação e Psicopedagogia”. Ministrante de alguns cursos e palestras sobre arte-educação.
São Bernardo do Campo - SP Atualizado às 16h11 - Fonte: ClimaTempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 24°

Sáb 25°C 13°C
Dom 26°C 14°C
Seg 23°C 16°C
Ter 19°C 15°C
Qua 22°C 15°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio