Terça, 25 de Janeiro de 2022
31°

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Colunistas Conectando

Desligue todos os aparelhos e vá contemplar o agora

31/12/2021 às 13h58
Por: Redação
Compartilhe:
Desligue todos os aparelhos e vá contemplar o agora

Se a soma de todas as sensações ou de todos ao redor conseguisse trazer à tona o momento mais importante da sua vida: qual seria ele? E, como ele seria?

Existe palavra pronunciável para descrever a quantidade de tempo que sua mente consegue simplesmente perceber este exato momento presente? 

Quantos aparelhos ao seu redor seriam necessários que fossem desativados e desligados para que você se percebesse ou percebesse os que estão ao seu redor? 

Alguém já disse em algum lugar que, quando as perguntas são demais é porque o caminho deve ser mudado. Seria dizer, ao questionar uma situação com tantas dúvidas, isso só pode significar que uma constante impera: a constante da mudança. 

Nestes últimos dias passei horas e minutos a fio perguntando a mim como entregar meu ser a uma verdadeira renovação. Alguém me disse: você está atravessando. E parou por aí. Pensei: atravessando o quê? Para onde? Indo para que espécie de lugar? Foi aí que: caí em sã consciência: ATRAVESSANDO A PONTE, INDO EM UMA NOVA DIREÇÃO. 

DESLIGAR-SE DE TUDO QUE JÁ FOMOS

DEVOLVER O UNIFORME AO TIME QUE NÃO JOGA MAIS

É POSSÍVEL PARA VOCÊ?

Tendo isto em mente, assumi para mim que abraçaria a renovação e aceitaria um novo eu levando comigo apenas as peças que fazem de mim o quebra-cabeça montável com os valores entendidos como essenciais para o meu ser. Imagine você, quem está lendo este texto agora, como seria o atual molde de você? Em quantas partes de um grande motor você se encaixaria ou se remoldaria? 

A reflexão parece ser abstrata e longe da realidade. Mas não é. 

Parte de nossos conflitos conosco e com o outro parte justamente dessa premissa. Sendo premissa ‘básica’ ou não, o fato é que conseguir: 1) olhar ao redor, 2) olhar quem está ao seu lado e (checando se você está aí para si também), 3) ser capaz de não depender de dispositivos não humanos para perceber o presente, 4) aceitar se refazer de períodos em períodos em nome desse molde inicial chamado: você, dispensa qualquer lista aqui enumerada. Apenas traz para a realidade a própria realidade: poder enxergar você em sua inteireza e gostar do que você vê: com reparos, sem reparos, com mudanças esperadas ou inesperadas. Poder ser você, assim como você está agora olhando no espelho é o maior e mais bonito privilégio que verá neste exato momento. 

Que 2022 seja uma infinitude de novidades que te abracem o coração e que te acalantem a alma.

Bárbara Soares 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bárbara Soares
Bárbara Soares
Sobre Bárbara Soares é Doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem na PUCSP, Tradutora na Casa da Tradução, Autora da Série de Livros Meu Diário e Professora. @casadatraducaooficial / @barbara.ss1
São Bernardo do Campo - SP Atualizado às 15h06 - Fonte: ClimaTempo
31°
Pancada de chuva

Mín. 19° Máx. 32°

Qua 32°C 19°C
Qui 33°C 20°C
Sex 28°C 20°C
Sáb 22°C 18°C
Dom 21°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio