Sábado, 18 de Setembro de 2021 16:28
(11) 99734-5699
Especiais Autistas

Prefeito Orlando Morando inaugura vagas de estacionamento exclusivas para autistas

Ação pioneira no Grande ABC integra agenda de festejos pelo aniversário de 468 anos de São Bernardo

16/08/2021 01h42
Por: Redação Fonte: PMSBC
Prefeito Orlando Morando inaugura vagas de estacionamento exclusivas para autistas

Em continuidade às atividades programadas para comemorar os 468 anos de São Bernardo, o prefeito Orlando Morando inaugurou, neste sábado (14/08), vagas exclusivas de estacionamento para pessoas com transtorno do espectro autista em quatro pontos da cidade. A ação, pioneira no Grande ABC, é resultado de esforço da Prefeitura, por meio das secretarias de Cidadania e Pessoa com Deficiência e Transportes e Vias Públicas, para promover a inclusão da população com autismo no município.

Em ato de lançamento das vagas exclusivas, na manhã deste sábado (14/08), o prefeito Orlando Morando destacou o trabalho da Prefeitura para executar projetos e programas que promovam a inclusão da população com transtorno do espectro autista. "Estamos atentos e empenhados em continuar na vanguarda quando o assunto é a garantia de direitos da nossa população, em especial os autistas. O papel do poder público é colocar em prática medidas que façam diferença na vida dessas pessoas no dia a dia e vamos seguir ampliando essas políticas públicas", diz.

Secretário de Cidadania e Pessoa com Deficiência, Pery Cartola ressalta o pioneirismo da ação no Grande ABC, o que demonstra todo o trabalho e sensibilidade da administração em torno da inclusão social. "A vaga exclusiva é identificada com uma fita quebra-cabeça, símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista, e vem somar às demais políticas já implementadas em São Bernardo, como é o caso do cartão de identificação do autista".

Inicialmente, as vagas exclusivas foram destacadas em quatro pontos estratégicos da cidade, próximos a equipamentos que atendem pacientes autistas. São eles: Centro de Especialização em Reabilitação (CER), na Rua Warner, 300, bairro Anchieta; Centro Municipal de Equoterapia, na Avenida Wallace Simonsen, 1.750, bairro Nova Petrópolis; Centro de Tratamento Bezerra de Menezes, na Rua Batuíra, 400, bairro Assunção; e Arte Psico, na Rua Paulo Di Favari, 716, Vila Caminho do Mar.

A medida foi elogiada por Sara Radis, mãe do pequeno Cesar, 7 anos, diagnosticado com autismo. "É um orgulho ver que a cidade onde moro leva esse assunto a sério e está comprometida em garantir os direitos dos autistas", observa. Para Carola Flores Vilazon, mãe do também autista Rafael, 3 anos, as vagas exclusivas de estacionamento vão facilitar muito o dia a dia e correspondem a mais um passo importante no processo de desmistificação do tema.

CARTEIRA MUNICIPAL

Em outra ação prática que visa garantir a inclusão dos moradores com transtorno do espectro autista, a Prefeitura de São Bernardo criou, em 25 de junho, a Carteira Municipal de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CMIPTEA). O documento, pioneiro no Grande ABC, assegura atenção integral, pronto atendimento e prioridade dos moradores acometidos pela síndrome no atendimento e acesso aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas da saúde, educação e assistência social.

TEA

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o transtorno do espectro autista (TEA) como uma série de condições caracterizadas por algum grau de comprometimento no comportamento social, na comunicação e na linguagem, e por uma gama estreita de interesses e atividades que são únicas para o indivíduo e realizadas de forma repetitiva. Estima-se que há 70 milhões de pessoas com autismo em todo o mundo, sendo 2 milhões somente no Brasil.

Texto: Natália Fernandes / Fotos: Omar Matsumoto/PMSBC

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.