Quarta, 04 de Agosto de 2021 16:20
(11) 99734-5699
Cidades R$ 8 milhões

Santo André conquista R$ 8 milhões para gerenciamento de obras de urbanização

Verba oriunda do Governo Federal beneficiará mais de 3 mil famílias da região

20/07/2021 21h40
Por: Redação Fonte: PSA
Trabalhando por uma Santo André melhor
Trabalhando por uma Santo André melhor

Sem medir esforços em busca de dar melhores condições e qualidade de vida aos andreenses, a Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, obteve mais uma importante conquista. A administração recebeu no último mês de junho a Autorização de Início de Objeto, concedida pelo Ministério de Desenvolvimento Regional, para execução de serviços de apoio a obras de urbanização de núcleos que formam os complexos Santa Cristina e Cassaquera.

O recurso liberado será de R$ 8 milhões, atendendo diretamente 3.300 famílias residentes nos complexos, formados pelos núcleos Maurício de Medeiros, André Magini, Guarará, Santa Cristina I, II e III, Vila Esperança, Jardim São Bernardo, Lamartine, Pio 12 e Harada. Serão realizados serviços técnicos de gerenciamento, sociais e de regularização fundiária, projetos e assistência técnica para apoio nas intervenções de urbanização destes locais.

A primeira etapa de intervenções, que se iniciou com o Núcleo Maurício de Medeiros, já está em seu décimo mês de obras, num total de 36 meses, com investimento de R$ 16 milhões. O prefeito Paulo Serra vistoriou o local nesta terça-feira (20).

"A verba alcançada é mais uma vitória dentro da nossa recuperação de crédito da cidade. Hoje temos um ótimo diálogo com todas as esferas e isso nos possibilita receber investimentos que podem ajudar a vida de milhares de pessoas. Este complexo reúne andreenses que merecem viver com dignidade e vamos manter toda a atenção para que as obras sigam da melhor maneira", disse o prefeito Paulo Serra.

O avanço para a chegada do planejamento e execução dentro deste grande complexo traz um conjunto de ações técnicas e administrativas que permite a promoção da habitação em condições adequadas de saneamento, preservação ambiental, acesso aos meios de transporte, aos equipamentos públicos, à urbanização e à melhoria dos assentamentos precários, assim como à valorização da qualidade urbanística e arquitetônica dos projetos, melhoria na gestão dos projetos e demais ações de avaliação.

"Olhamos de forma muito positiva este contrato técnico, já que nos dá a chance de executar um ótimo trabalho com a população que mais precisa. Para que tudo isso seja feito no tempo certo e da forma adequada, asseguramos a empresa gerenciadora para nos acompanhar, evitando assim aqueles contratos levados por anos e anos como em antigas gestões", comentou o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Rafael Dalla Rosa.

O foco principal em todas as etapas é a participação da população e os serviços de Assistência Técnica trarão oficinas ministradas junto aos andreenses, com o objetivo de mobilizar os moradores na disseminação de novas posturas construtivas e incentivar a utilização da assistência oferecida pela Prefeitura para garantir a melhoria das condições internas e externas da moradia, contribuindo com a integração do núcleo urbanizado com a cidade formal.

Serão feitas ainda vistorias domiciliares e plantão de atendimento, que têm como objetivo prestar esclarecimentos e garantir a aplicabilidade das soluções apresentadas à população, assegurando assim a qualidade da autoconstrução e também incentivando as melhorias habitacionais. Os próximos núcleos receberão intervenções em breve, após os processos de licitação.

| Texto: Guilherme Menezesr /  Fotos: Helber Aggio/PSA

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.