Quarta, 04 de Agosto de 2021 16:15
(11) 99734-5699
Política Investigação no AME

Pedrinho Botaro se reúne com grupo que investiga as mortes no AME

Comissão Parlamentar que apura mortes no AME Santo André se reuni em meio a recesso; grupo é liderado pelo vereador e presidente da Câmara de Santo André, Pedrinho Botaro

10/07/2021 03h57 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação
Pedrinho Botaro com o grupo que investiga as mortes no AME
Pedrinho Botaro com o grupo que investiga as mortes no AME

Essa semana, os vereadores da Câmara Municipal de Santo André, que compõe a Comissão Especial de Assuntos Relevantes, se reuniram para discutir os próximos passos da investigação que apura a causa das mortes ocorridas no último dia 1º junho, no AME (Ambulatório Médico de Especialidades ) Santo André. Na ocasião, três pessoas internadas em decorrência de complicações causadas pelo coronavírus, foram a óbito devido a uma falha no sistema de abastecimento de oxigênio do equipamento de saúde gerido pelo Governo do Estado de São Paulo.

Pedrinho Botaro (PSDB), Ricardo Alvarez (PSOL), Renatinho do Conselho (Avante) e Vavá da Churrascaria (PSD), se reuniram na sala da presidência do Legislativo Andreense e averiguaram possíveis responsáveis pela pane no sistema que resultou nos óbitos. O grupo também terá a participação de um representante do PT.  

"Embora o AME seja de responsabilidade do Governo do Estado, nós enquanto parlamentares e andreenses não podemos ignorar o que aconteceu. São vidas que se foram e os familiares precisam de respostas", pontuou o presidente da Câmara, Pedrinho Botaro.

A comissão ficará instaurada por 120 dias (quatro meses) e a principal função do bloco será acompanhar as ações do Governo do Estado de São Paulo e FUABC (Fundação ABC), responsáveis pela administração e respectiva apuração das falhas que resultaram nas mortes.

"Infelizmente as mortes já ocorreram, mas não podemos permitir que a situação seja reincidente, por isso a importância da comissão. Seguiremos em busca de respostas ", finalizou Botaro.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.