Quarta, 04 de Agosto de 2021 16:52
(11) 99734-5699
Cidades Santo André

Santo André busca recursos para criação do Centro de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo

Cite, que será um dos braços do Parque Tecnológico, encontra-se em fase final de projeto

07/07/2021 23h51
Por: Redação Fonte: PSA
Santo André busca recursos para criação do Centro de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo

O prefeito Paulo Serra se reuniu nesta quarta-feira (7) em Brasília com o Ministério do Desenvolvimento Regional para tratar sobre a liberação de recursos para a construção do Centro de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo (Cite). Serão investidos R$ 27 milhões oriundos do Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio da Caixa Econômica Federal, somados a R$ 2 milhões de contrapartida da Prefeitura. A expectativa de entrega é entre 2022 e 2023.

"Seguimos buscando recursos para fortalecer a retomada da economia e gerar mais oportunidades para a nossa gente. Com gestão e planejamento, conseguimos avançar em ações importantes para recuperar o protagonismo da cidade e seu ritmo de desenvolvimento", afirmou o prefeito Paulo Serra.

O processo de validação da operação de crédito já teve a primeira avaliação feita pela Secretaria do Tesouro Nacional, responsável por autorizar o financiamento. Após a renovação da certidão do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, que validou os índices necessários para a contratação da operação, para que os recursos sejam liberados restam apenas a publicação dos dados relativos ao segundo bimestre de 2021 no sistema SIOPE (Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação) e Sadipem (Sistema de Análise da Dívida Pública, Operações de Crédito e Garantias da União, Estados e Municípios); além da publicação do Anexo 12 da Lei de Responsabilidade Fiscal com os dados do primeiro e do segundo semestre de 2021.

O Centro de Inovação, que será um dos braços do Parque Tecnológico, terá local físico na antiga área da Rhodia Química, em cerca de 7.000 metros quadrados de área construída. O piso térreo trará áreas de exposição, eventos, apresentações, treinamentos, entre outros. Já o piso superior reservará salas integradas para reuniões, apoio administrativo, coworking, entre outras atividades. Assim, os interessados poderão participar por concessão aberta, direcionada, locação de espaços, parcerias institucionais e naming rights.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, o Cite proporcionará um cenário no qual poder público e demais atores do ecossistema estarão integrados de maneira estruturada, reunindo os atores necessários para a busca de soluções conjuntas.

"O Cite será local permanente para capacitação, estudos e aprendizagem de novas capacidades e habilidades para todos os extratos da sociedade, com foco na promoção e conexão de todos os atores. Todos reunidos em plena harmonia e equilíbrio, buscando soluções para cidades cada vez mais inteligentes e permitindo que a iniciativa privada alcance a eficiência e competitividade necessária para perpetuarem suas atividades", disse.

No eixo principal, o Cite será a referência no Ambiente de Negócios, unindo ainda as áreas públicas credenciadas e as Conectividades - Projetos Demonstrativos. Nos eixos de Competitividade das Empresas e Cultura Empreendedora e de Inovação, entram os diferentes eventos referentes aos assuntos, o Bureau de Serviços, as áreas privadas com incentivos fiscais e ainda a Semana de Ciência, Tecnologia e Inovação.

"O Cite Santo André será mais um instrumento que materializará o objetivo do Parque Tecnológico de Santo André: operar em rede para a promoção do desenvolvimento econômico e geração de riqueza através de um esforço coletivo, somado, integrado e que valoriza todas as nossas forças. É a inovação e o desenvolvimento tecnológico promovendo a transformação da economia para a transformação positiva de nossa sociedade através da geração de mais empregos, oportunidades de renda e atração de novos investimentos", completou Banzato.

Ações de inovação

O Hub de Inovação, desenvolvido pela Prefeitura de Santo André, apoia e fomenta empresas que queiram desenvolver pesquisas, novos produtos e processos de forma sistemática e continuada. O Hub de Inovação do Parque Tecnológico faz a ligação entre estas empresas e startups, universidades, Centros Tecnológicos e ICTs (Institutos de Ciência e Tecnologia) da região, promovendo maior integração e fortalecimento do ecossistema de inovação do ABC.

Já o Bureau de Serviços é uma estrutura integrada de atendimento, que unifica a rede de serviços tecnológicos da cidade de Santo André e região. A ferramenta da Prefeitura de Santo André faz parte do Parque Tecnológico de Santo André, e oferece mais de 120 serviços.

Atualmente, Santo André conta com o Parque Tecnológico e de Inovação, que é parte fundamental da política de desenvolvimento econômico já em operação pela Prefeitura e tem como missão promover a inovação e competitividade nas empresas, potencializando as estruturas já existentes na cidade e região, estimulando a extensão tecnológica nas instituições de ensino superior e atuando nas oportunidades econômicas do ABC. Além do Bureau de Serviços Tecnológicos, o Parque Tecnológico também contará com o Cite.

O Parque Tecnológico de Santo André traz em sua essência a integração e colaboração entre os atores locais de ciência, tecnologia e inovação, e irá se somar às estruturas já existentes das sete cidades que compõem o Polo Tecnológico do ABC, uma região com economia altamente relevante para o país, com o quarto maior PIB do Brasil, terceiro maior valor adicionado da indústria e com o quinto maior mercado consumidor do país.

Texto: Renan Muniz

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.