São Bernardo do Campo, 21 de Junho de 2018
Fundada a Associação Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo
A+ A-
24/12/2012 A iniciativa almeja tornar o município polo de inovação tecnológica A Prefeitura de São Bernardo do Campo - por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo - informa que na data de ontem, 19/12/2012, foi realizada a Assembleia de fundação da “Associação Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo”, tratando-se de momento histórico para a cidade e a Região do ABC.
A industrialização do Grande ABC significou para a região a atração de investimentos, empresas, produção e emprego, bem como de gestores públicos de expressão, de conceituadas instituições de ensino e pesquisa e de representativos sindicatos de trabalhadores.
Raramente, porém, esses atores - empresas, Poder Público, sindicatos e instituições de ensino e pesquisa - trabalharam em projetos conjuntos, especialmente em ações de desenvolvimento tecnológico. Frente a este diagnóstico, o Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo, cuja Associação ora fundamos, tem a função de articular estes atores de modo a constituir ambiente propício às atividades inovativas.
Como parte do Programa Municipal de Inovação Tecnológica de São Bernardo do Campo, , contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do país.
O momento é igualmente histórico porque, com o início das atividades da Associação, o Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo certamente se constituirá em fator positivo de competitividade nas decisões de investimentos e localização das empresas, impulsionando, por isso, a atração de novos empreendimentos e aportes em P&D.
Ao longo de quase dois anos de trabalhos, foram visitados alguns dos mais importantes parques tecnológicos existentes (Advanced Manufacturing Research Centres – Rolls Royce, BHtec, Parque Tecnológico de São José dos Campos, Parque Tecnológico do Fundão, Porto Digital, entre outros) para obtenção de conhecimento acerca dos diferentes modelos de organização. Estas experiências, adequadas à realidade do Grande ABC, serviram de inspiração para a iniciativa do Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo.
A Associação Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo é uma associação civil de fins não econômicos, que tem por objetivo a promoção de pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica e o suporte a atividades empresariais intensivas em conhecimento, especificamente nos setores: defesa, petróleo e gás, design, ferramentaria e automotivo.
Contando com a assessoria da FGV Projetos, a Prefeitura de São Bernardo do Campo articulou a inserção de importantes atores do município e região para a iniciativa.
Além da Prefeitura, participaram da Assembleia como membros fundadores da Associação:
1. Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – CIESP – Regional de São Bernardo do Campo;
2. Centro de Pesquisa e Inovação Sueco Brasileiro - CISB;
3. Escola SENAI Almirante Tamandaré;
4. Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo;
5. Faculdade de Tecnologia de São Bernardo do Campo – FATEC-SBC;
6. Fundação Educacional Inaciana “Pe. Saboia de Medeiros” (Centro Universitário da FEI);
7. Sindicato dos Metalúrgicos do ABC;
8. Sindicato dos Químicos do ABC;
9. Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Bernardo do Campo e Diadema – SINTRACOM SBC DM;
10. Universidade Federal do ABC – UFABC;
11. Universidade Metodista de São Paulo.
Além disso, três outros atores solicitaram a filiação junto à Associação na Assembleia:
• Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo (ACISBEC);
• Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC;
• Arranjo Produtivo Local (APL) de Ferramentaria do Grande ABC.
O modelo de governança da Associação conta com cinco órgãos: (i) Assembleia Geral, (ii) Conselho de Administração, (iii) Conselho Fiscal, (iv) Conselho Técnico-Científico e (v) Diretoria Executiva, conforme ilustra figura abaixo.

A Assembleia de fundação aprovou o estatuto e elegeu os membros dos órgãos da associação, para posterior registro em cartório competente, constituindo juridicamente a entidade. O registro está condicionado à aprovação da Lei Municipal de Inovação Tecnológica de São Bernardo do Campo, que está sendo apreciado pela Câmara de Vereadores e tem votação prevista para a sessão do dia 22/12/12.
A localização definitiva e a elaboração/execução do projeto executivo da obra do Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo estão entre as próximas tarefas da Associação. Provisoriamente, a Associação Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo localizar-se-á no antigo Colégio Salete, situado à Rua João Pessoa, 59 – Centro, em São Bernardo do Campo.
Assim, com a constituição da Associação, dar-se-á início às atividades do Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo, o primeiro Parque da Região do Grande ABC, colocando o município e a região no mapa nacional e internacional da inovação tecnológica.


Jefferson José da Conceição
Secretário de Desenvolvimento Econômico,
Trabalho e Turismo de São Bernardo do Campo

Marco Aurélio Cezarino Braga
Advogado e Consultor da FGV Projetos




IMPRIMIR ESTA PÁGINA ENVIE PARA UM AMIGO COMENTAR ESTE TEXTO


Comentários:
Não há comentários para esta matéria. Seja o primeiro!
Matérias Relacionadas: • Mercado eleva projeção para a inflação em 2012 para 5,69%

• Fundada a Associação Parque Tecnológico de São Bernardo do Campo

• Inadimplência aumenta 13% em novembro

• Incubadora de Empreendimentos Solidários promove o 1° Seminário SBCSOL

Desenvolvido por Orion Public